Minha Viagem

LOGO_AZUL-sem fundo

Quero Morar na França como Fazer

ponte-do-sesquicentenario-joao-isidoro-franca-em-teresina-piaui

Quero Morar na França como Fazer

Antes de mais nada, embora a França seja o país mais visitado do mundo, mas, não é apenas o turismo que interessa às pessoas. Atraídos pela qualidade de vida, educação de qualidade, segurança e auxílio governamental, muitos brasileiros optam por morar na França, mesmo que por poucos anos. Se esta é a sua situação, neste artigo vamos esclarecer tudo sobre morar na França.
Existem várias maneiras de viver legalmente na França. Agora conheça o principal, Contudo, você pode cursar graduação, mestrado, doutorado ou até mesmo obter um visto de pesquisa ao final dos estudos, bastando ser aceito pela universidade.

Os vistos de estudante são válidos por 1 ano, mas podem ser renovados até a conclusão dos estudos.
Confira nosso artigo completo sobre estudar na França. Muitos brasileiros entram na França com visto de trabalho. Para isso, é necessário ter em mãos o contrato e demais documentos necessários à contratação de funcionários estrangeiros.

Como é a Aposentadoria na França

Portanto, vale ressaltar que o governo francês criou uma categoria de visto especial para aposentados. Embora não tão comuns quanto outros, alguns são atraídos pela qualidade generalizada e gratuita da saúde pública do país. Descubra aqui como viver na França como aposentado.
Um visto de investimento também é uma forma de legalizá-lo na França. Para isso, eles devem possuir pelo menos 30% do capital social da empresa em seu país de origem, criar pelo menos 50 empregos diretos na França ou investir 10 milhões de euros no país.

Documentos necessários para Morar na França

Visto de residência: Ao chegar na França, você precisa verificar seu visto no site do OFII – Office français de l’immigration et de l’intégration para inserir a identidade (o visto é usado para entrar no país, mas por si só não garante legalidade no país);
Documentos: Passaportes válidos, certidões de nascimento ou casamento, diplomas brasileiros e demais documentos exigidos devem ter traduções juramentadas;
Carte Vitale: Ao chegar à França e solicitar o Tire de séjour, que é a carteira de identidade do estrangeiro, você receberá um número com o qual poderá solicitar uma Carte Vitale (cartão de seguro social francês), que você usará para tudo, incluindo consultas médicas financiadas pelo governo;
Seguro de Saúde: Uma vez legalizado na França, você terá acesso aos serviços públicos de saúde, mas até que todos os documentos cheguem e recebam sua Carte Vitale, você precisará fazer um seguro por precaução.

Melhores Cidades para Morar na França

Há muitas coisas a considerar ao decidir em qual cidade morar na França. Enquanto muitas pessoas pensam automaticamente em Paris, vale lembrar que é uma das cidades mais caras do mundo.
No entanto, existem outras grandes cidades com alta qualidade de vida, boas oportunidades de trabalho e universidades baratas – e mais baratas. Estas são consideradas as 5 melhores cidades para se viver na França:

Paris
É impossível excluir a capital francesa dessa lista, afinal, Paris abriga as melhores oportunidades de trabalho, os melhores salários e a vida cultural.
Lyon
Esta é a cidade onde moro há 5 anos. Lyon é a terceira maior cidade da França, localizada na região Rhône-Alpes, e é considerada a capital gastronômica do país. Como a segunda cidade mais rica do país, Lyon tem muitos empregos e tem a enorme vantagem de ser mais barata que Paris.

Toulouse
A favorita dos estudantes, Toulouse é a maior cidade universitária da França. Tem um clima agradável e abriga a sede da Airbus, atraindo muitos engenheiros e criando muitas oportunidades de emprego.

Marselha
Marselha, considerada o Rio de Janeiro da França, é a segunda maior cidade do país, localizada na região de Provence-Alpes-Côte d’Azur. Até hoje não conheço ninguém que não goste da cidade, conhecida por sua intensa vida cultural e por receber de braços abertos pessoas de todo o mundo.

Bordeaux
Apesar de seu pequeno tamanho, Bordeaux cresceu rapidamente nos últimos anos. A cidade é muito agradável, com inúmeros museus, um grande número de estudantes e uma das maiores regiões vinícolas da França.

Você Vai Gostar Também de Ler:
A Recuperação do Turismo no Brasil
Viajar é ou não é uma terapia?

Nota de Encerramento

Nós do Minha viagem estamos diariamente trabalhando para trazer o melhor conteúdo para vocês leitores, nosso site trabalha com muito conteúdo de viagens trazendo muitas dicas para você que é amante de viagem.

Ass: Equipe Editorial

Temos uma grande uma grande novidade para você que ama viajar, está no ar lifeand healf uma nova Rede Social somente para nós que amamos viajar.

Deixe um comentário