Minha Viagem

LOGO_AZUL-sem fundo

O que Fazer Para Morar no Exterior

O que Fazer Para Morar no Exterior
Saiba como é morar em Lisboa

O que Fazer Para Morar no Exterior

Você chegou à conclusão de que quer morar fora do Brasil. Mas, você sabe por onde começar?
Mas, são muitos os detalhes, procedimentos e burocracia a serem preenchidos antes de morar no exterior. Então, se você é uma pessoa direta, precisa controlar seu temperamento. Contudo, reserve pelo menos seis meses antes da sua viagem e confira 13 coisas para fazer antes de ir para o exterior.
Para escolher onde morar no exterior, você deve decidir qual país é melhor para você. Para isso, não basta escolher este lugar porque você descobre paisagens maravilhosas.

Além desse aspecto turístico, deve ser estabelecido um objetivo real e de longo prazo. Mas, essa determinação é a primeira e mais importante coisa a fazer antes de se mudar para o exterior.

Contudo, caso você não goste tanto de agitação de uma cidade grande, concerteza as capitais não seria o ideal para você, então procure outra opção.

Prepare-se e Guarde Dinheiro

Antes de mais nada, mesmo para aqueles que já têm oportunidades de trabalho esperando por eles, economizar dinheiro para sustentar sua nova vida é essencial. Mas, o valor deve ser especificado com base no custo de vida no país de destino, que pode ser estimado em sites como Numbeo ou Expatistan, adicionando pelo menos 20% como margem de segurança.
Todavia, a economia também deve levar em conta seus objetivos. Considere o padrão de vida que você deseja quando chegar e o custo inicial antes de se estabelecer.
Está planejando alugar um imóvel mobiliado no exterior ou quer comprar todos os móveis? Você vai pagar mais por crianças ou animais de estimação? Precisa gastar com outros documentos? Essas e outras questões devem ser consideradas ao desenvolver um orçamento para morar no exterior.
Portanto, é importante garantir que você tenha dinheiro para se mudar para outro país, o que é necessário para você se sustentar (e sua família, se for o caso) por pelo menos seis meses (o que é mais recomendado).

Converse com sua Família

Antes de tudo, é muito importante conversar bastante com a família antes de imigrar e ter o apoio dos parentes, caso eles não se mudem com você, é fundamental para dar ao seu coração o suporte emocional necessário para essa mudança.

Contudo, se a sua família for com você ou apoiar a sua mudança, tudo pode ser mais simples., mesmo com planos de que tudo dê certo, caso nada seja do jeito que programou, você sabe que tem para onde voltar.

Trabalhar bem o seu psicológico e o da sua família é fundamental nas coisas a fazer antes de morar no exterior, para você viajar mais tranquilo.

Atenção as Documentações

Antes de mais nada, não se esqueça de antecipadamente ver todos os documentos necessários.

Ducumento pessoais:

  • Documento de identificação com foto (RG);
  • CPF;
  • Certidão de nascimento (tire uma segunda via, se a que tiver for muito antiga);
  • Certidão de casamento, se aplicável;
  • Título de eleitor;
  • Carteira de habilitação;
  • Permissão Internacional para Dirigir (PID);
  • Carteira de vacinação;
  • Certificado Internacional de Vacinação.

Documentos Educacionais:

  • Diplomas e históricos escolares com tradução juramentada (se aplicável);
  • Certificados originais com os resultados de exames de proficiência;
  • Carta de aceitação do colégio ou universidade.

A Conversão da Moeda

Das coisas a fazer antes de se mudar para o exterior, enviar dinheiro para sua conta bancária em outro país é o maior e mais constante processo de monitoramento. Acompanhe as flutuações da moeda local todos os dias, aproveite as melhores cotações do mercado e envie dinheiro no momento mais oportuno.
É importante saber que a Receita Federal permite que você saia com “apenas” 10.000 reais (ou o equivalente em outras moedas) em dinheiro sem informar. Portanto, a melhor forma de movimentar dinheiro para o exterior é enviar dinheiro por meio de plataformas digitais, que costumam oferecer melhores taxas de juros, prazos e limites mais altos do que os bancos. Entre eles, a Euro Tips recomenda o Wise aos seus leitores por suas taxas baixas e transparentes para transferências internacionais, entre outras vantagens.

Você Vai Gostar Também de Ler:
A Recuperação do Turismo no Brasil
Viajar é ou não é uma terapia?

Nota de Encerramento

Nós do Minha viagem estamos diariamente trabalhando para trazer o melhor conteúdo para vocês leitores, nosso site trabalha com muito conteúdo de viagens trazendo muitas dicas para você que é amante de viagem.

Ass: Equipe Editorial

Temos uma grande uma grande novidade para você que ama viajar, está no ar bomvoyage.net uma nova Rede Social somente para nós que amamos viajar.

Deixe um comentário