Minha Viagem

LOGO_AZUL-sem fundo

Saiba Como é o Custo de Vida na Bélgica

Saiba Como é o Custo de Vida na Bélgica

Saiba Como é o Custo de Vida na Bélgica

Primeiramente, para quem gosta de frio, ambiente medieval, batata frita, cerveja e chocolate, morar na Bélgica pode ser um lindo sonho. No entanto, antes de planejar a mudança, você precisa saber quais serão seus custos. Você sabe qual é o custo de vida na Bélgica?
De acordo com a Pesquisa de Custo de Vida da Mercer de 2021, Bruxelas ocupa o 50º lugar entre as cidades mais caras para se viver. 50º de 111 outros países e cidades belgas. , Bruxelas é o mais caro. Dito isto, fazendo boas escolhas, o custo de vida na Bélgica pode ser viável e confortável.
Mas, o custo de vida na Bélgica depende da cidade que você escolher. Por exemplo, viver em Bruxelas, Mons, Hasselt e Antuérpia pode ser muito mais caro do que viver em Ghent, Liège e Leuven,
O custo médio de vida de uma pessoa na Bélgica é de 1.948 euros. Para uma família de quatro pessoas, o valor sobe para 3.757€. Vale lembrar que esses valores são médias e dependem de muitos fatores.

Como é Viver na Bélgica?

Para quem paga em euros, o custo de vida na Bélgica não é tão alto. Afinal, os salários na Bélgica muitas vezes compensam os preços. Entre os países europeus, a Bélgica é 56% mais barata que outras cidades.
No entanto, se você for morar na Bélgica e pagar em reais, seus custos podem ser muito altos. Isso se deve à frequente depreciação da taxa de câmbio e do real frente ao euro.
Todavia, se você recebe Real e planeja morar na Bélgica, saiba que seus custos serão muito altos. Em 2022, o euro oscila entre 5,13 reais e 5,52 reais. Levando em conta o baixo valor de conversão, seu custo será de aproximadamente R$ 9.738,22 por mês. Este valor é suficiente para uma pessoa. Famílias maiores pagarão mais despesas gerais a cada mês. Mas, se você vai morar na Bélgica para aceitar euros, a situação é completamente diferente.

O Custo de Viver na Bélgica

Em que tipo de acomodação você pretende ficar? Os preços das casas, apartamentos, mas, tudo varia de acordo com a localização da cidade de interesse. Contudo, outro ponto importante é que ao alugar na Bélgica, você precisa pagar um depósito de 2 ou 3 aluguel adiantado.
Todavia, é importante lembrar que as médias desses valores são aproximadas e levam em consideração cidades mais caras como Bruxelas. Caso opte por morar em outra cidade, o valor pode ser menor.
Você também pode pagar mais se escolher um imóvel mobiliado. Após o aluguel, independentemente do tipo, você precisará adquirir um seguro contra incêndio. Estes seguros são anuais e normalmente custam 130€ por ano.
Custos dos alimentos na Bélgica são bem acessíveis, mas o poder de compra da Bélgica é muito alto. Da alimentação à limpeza, esses produtos têm um valor muito baixo em relação aos salários mínimos e médios.

O transporte na Bélgica

Antes de tudo, vale ressaltar que a Bélgica tem uma enorme rede de transporte público, com metrôs, ônibus e bondes (veículos que circulam sobre trilhos) passando por todas as cidades. Cada região da Bélgica (Flandres, Valônia e Bruxelas capital) tem uma empresa de transporte diferente.
A empresa responsável pelo transporte na Flandres (holandês) é a De Lijn. As tarifas de bonde, metrô ou ônibus custam € 2,50 e você pode viajar em qualquer número de transporte dentro de uma hora por apenas um bilhete.
Para pessoas dos 25 aos 64 anos, o pacote anual (viagens ilimitadas) custa 351€.
Na Valônia (França), a empresa responsável pelo transporte é a TEC. Os bilhetes custam 2,10 euros e são válidos por uma hora com direito a mudar de meio de transporte. Os bilhetes válidos para o dia inteiro custam 4,20 euros.
Você também pode optar por um pacote anual com viagens ilimitadas. Este pacote é para idades entre 25 e 64 anos e custa EUR 585.

Resumo do Custo de Vida na Bélgica

Portanto, viver na Bélgica não é tão caro considerando as pessoas que pagam em euros. No país, o poder de compra da população é muito alto e os preços são muito baixos. Isso permite que os salários dos residentes cubram não apenas todas as despesas básicas, mas também as despesas de lazer.
No entanto, para um homem que aceitou o Real Madrid e queria morar na Bélgica, a realidade era muito diferente. Com a desvalorização real do real em relação ao euro, pode ser muito difícil ganhar a vida com a moeda brasileira na Bélgica.
Se você quer morar no país do chocolate, o mais importante é: analise bem o salário que vai receber e escolha a cidade de acordo. Portanto, será possível manter a mais alta qualidade de vida.
Esperamos ter ajudado um pouco aquelas pessoas que pretendem se aventurar e ir morar em um dos melhores paises da Europa.

Você Vai Gostar Também de Ler:
A Recuperação do Turismo no Brasil
Viajar é ou não é uma terapia?

Nota de Encerramento

Nós do Minha viagem estamos diariamente trabalhando para trazer o melhor conteúdo para vocês leitores, nosso site trabalha com muito conteúdo de viagens trazendo muitas dicas para você que é amante de viagem.

Ass: Equipe Editorial

Temos uma grande uma grande novidade para você que ama viajar, está no ar bomvoyage.net uma nova Rede Social somente para nós que amamos viajar.

Deixe um comentário